sábado, 30 de julho de 2011

FREE ART FEST

Na penúltima Free Art Fest, em junho, entrei com 3 trabalhos. Estava pensando as "Esculturas em Conserva" e testei a transparência numa delas. O resultado bateu com a vontade e parece que o caminho vai por essa via. 
Curti isso, dá a sensação de encontrar uma rede esticada em plena subida.
Então resolvi levar esse resultado para o Free Fest mas acabei esquecendo de fotografar, tanto no studio quanto na exposição.
Prá não dizer que não há nenhuma foto, ainda bem que o pessoal da organização do FAF tratou de registrar e acabou salvando minha participação.
Bom, não dá prá ver o trabalho, a tal da transparência tem que estar em close prá perceber e esta é a única foto. Mas tudo bem, olhando a cara dos manos aí em baixo, 
pelo menos passa a impressão que gostaram.

Não faço idéia de quem sejam. Se alguém aí souber...

Fora os dois trabalhos na mão dos moços aí de cima, ainda teve mais um que está na mão deste outro moço que também se alguém souber...



E neste Free Art Fest tive o privilégio de "catar" este trabalho da Yara Martini:

"Mitos Vadios ll" - Óleo sobre papel arroz


Acho sensacional essa idéia de compartilhar obras de arte. 
O organizador do FAF é Gejo O Maldito. É dele este tatuzinho:

Se você tiver um perfil no Facebook, vale a pena olhar os álbuns do Gejo O Maldito.
Se não tiver, põe Gejo O Maldito no Google que aparece bastante coisa.



Dia 30 tem mais uma versão do Free Art Fest e desta vez vou registrar meu trabalho de perto, de longe, e de todos os ângulos possíveis.

 




 




2 comentários:

Anônimo disse...

A idéia do Free Fest é a mais moderna e democrática do mundo da arte que eu já vi. É assim que deve caminhar a humanidade....

Luís disse...

Outro caminho são os muros e prédios da(s) cidade(S). Põe o trabalho lá e enquanto ninguém levar é de todo mundo.